DA INCONSTITUCIONALIDADE DA COBRANÇA DE ANTECIPAÇÃO DE ICMS NAS COMPRAS DE MERCADORIAS POR EMPRESAS OPTANTES PELO SIMPLES NACIONAL